Fernandão comenta sobre atuação diante do Jequié e defende Enderson: “A culpa é de todo mundo”

O atacante Fernandão foi o grande destaque do triunfo do Bahia sobre o Jequié, no último domingo (17), ao marcar quatro dos cinco gols do Esquadrão na partida. Com o resultado, o Bahia conquistou uma das vagas do G4 e garantiu sua presença nas semifinais do torneio. Agora, o elenco comandado por Enderson Moreira volta suas atenções para o Atlético de Alagoinhas.

Em entrevista concedida na tarde desta terça-feira (19), no Fazendão, o atacante Fernandão comentou sobre o momento do Bahia na temporada e analisou a sua atuação diante do Jequié pela última rodada da fase de grupo do Baianão.

“São coisas do futebol. A torcida cobrar, diretoria cobrar, e os próprios jogadores se cobrarem. A gente buscou absorver todas as cobranças e levar para o lado positivo. Sabíamos que tínhamos um jogo difícil pela frente e que o mais importante era o triunfo. Fico feliz de poder ter absorvido da melhor forma possível e ter conseguido o resultado… Estou feliz demais por ter voltado a jogar e ter ajudado a equipe mas não sou o único merecedor de nada aqui. Todo o grupo esta de parabéns por ter ido num campo difícil, um clima difícil e ter conseguido o triunfo”, pontuou o centroavante tricolor.

Após a eliminação na Copa Sul-Americana, atuações mornas nos clássicos BaVis e derrota para o Sergipe, pela Copa do Nordeste, a tensão entre a torcida tricolor e o treinador Enderson Moreira aumentou. No entanto, para Fernandão o técnico não é o único culpado dos resultados positivos não terem chegado em alguns momentos da temporada.

“O treinador escala os melhores pra jogar. Os melhores estão dentro de campo, onde está o erro do treinador? Só o treinador tem culpa de tudo quando perde? Tudo bem, entendo a torcida cobrar. Eu me cobro. Mas dentro de campo são os jogadores que jogam, 11 contra 11. A culpa não é só dele, a culpa é de todo mundo. É o grupo, todo mundo junto. Não tem que ser a cobrança só pra ele”, afirmou Fernandão.

“Eu não vi um jogo que a gente jogou mal. Resultado alguma equipe tem que ganhar ou empatar. Eu não me lembro do Bahia ter jogado mal. Infelizmente alguns resultados não são positivos. O Bahia vem jogando bem e tem feito um bom trabalho. Posse de bola é extraordinária, mas infelizmente não estava vindo o resultado. Jogar a gente tava jogando. Sabíamos que pra passar isso tudo tínhamos que ter um resultado positivo e finalmente conseguimos”, acrescentou.

Bahia e Atlético de Alagoinhas entram em campo nesta quinta-feira (21), a partir das 19h15. A partida de ida será realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador. Para Fernandão, o Bahia está bem preparado para o confronto com o adversário que vem de quatro triunfos.

“O Atlético vem bem também mas a gente ta preparado. A gente tem que ta preparado. Aqui é o Bahia, um time grande. Graças a Deus nossa equipe tem poucas baixas e todos estão aptos a jogar e poder fazer um bom jogo. É importante pro Bahia pegar times que estão em uma crescente boa. É um desafio pra gente. Temos que manter o foco e manter o pensamento positivo”, finalizou o atleta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *