Funcionário do Sindicato dos Policiais Civis é preso após ser condenado por estupro de vulnerável

Um integrante do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) foi preso na tarde de terça-feira (06), após ter sido condenado a 11 anos de prisão por estupro de vulnerável, pela Vara de Ilhéus, no sul da Bahia. Conforme informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Fábio Santos Barreto, de 36 anos, estava foragido.

Durante cumprimento da determinação judicial, na sede do sindicato, Fábio apresentou um documento falso com o nome de Marcos, além de portar também a carteira de um militar da Marinha. O homem pode ser levado para audiência de custódia, em Salvador, ou transferido para Ilhéus, onde deverá cumprir a pena em regime fechado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *