Mãe é condenada à prisão por obrigar a filha a comer as próprias fezes

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Mato Grosso (TJ-MT) condenou uma mulher por obrigar a filha de cinco anos de idade a comer as próprias fezes.

De acordo com os autos, a criança era punida toda vez que fazia as necessidades fisiológicas na roupa. Um dia, o Conselho Tutelar recebeu uma denúncia e flagrou a menina com o rosto todo cheio de fezes humana com cheiro muito forte, com a roupa toda suja de fezes.

Em 1º grau, a genitora foi condenada a 8 anos, 6 meses e 20 dias de prisão, em regime inicial fechado. Para o relator do recurso, desembargador Marcos Machado, a criança foi submetida a intenso abuso.

Segundo ele, por conta das agressões, a menina desencadeou sensação de rejeição, baixa autoestima, extroversão, transtorno de depressão e aprendizagem e estresse pós-traumático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *