Médico é preso por suspeita de exercer ilegalmente a profissão na Bahia

Um homem foi preso em Muritiba no recôncavo baiano, na segunda-feira (7), após a polícia descobrir que ele exercia a profissão de médico ilegalmente usando a carteira do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) de outra pessoa.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA), a 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Cruz das Almas) recebeu uma denúncia da atuação ilegal do homem em uma Unidade de Saúde da Família do distrito de São José do Itaporã, em Muritiba.

Em depoimento à polícia, o homem disse que cursou medicina na Bolívia e confessou que estava usando a carteira do Cremeb de outro médico que tinha o primeiro nome igual ao dele. A polícia não detalhou se a informação dada pelo homem sobre a formação foi constatada.

Foram apreendidos carimbo, tensiômetro, oxímetro (mede indiretamente a quantidade de oxigênio no sangue de um paciente), fichas de atendimento, notebook, celular, mochila e uma carteira com documentos falsos. O homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Santo Antônio de Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *