Mourão se explica a Bolsonaro depois do filho ganhar cargo com salário de R$ 36 mil

O vice-presidente General Mourão (PRTB) precisou dar explicações a Jair Bolsonaro (PSL) nesta terça-feira (09), dia em que foi a público a informação de que seu filho foi promovido a assessor especial no Banco do Brasil e receberá salário de R$ 36 mil mensais.

Segundo o jornal Estado de São Paulo, Mourão foi até Bolsonaro para se explicar. Segundo ele, a promoção de seu filho ocorreu por “mérito” e só não ocorreu antes porque em gestões anteriores Rossell Mourão teria sido “duramente perseguido”.

A promoção do filho de Mourão foi vista com estranheza por funcionários do Banco do Brasil, já que os outros dois servidores que exerceram a mesma função na gestão anterior – de Paulo Caffarelli – ocuparam postos de destaque antes de chegar ao cargo de assessor especial da presidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *