Policial militar é morto após linha temperada cortar seu pescoço

Um sargento da Polícia Militar morreu nesta segunda-feira (29) após ter o pescoço cortado por uma linha com cerol. O caso aconteceu na cidade de Sorocaba, em São Paulo.

Michel de Paula Batista, que trabalhava em campinas, voltava para a casa de moto quando foi ferido. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer o policial, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso ocorreu no cruzamento da avenida Dom Aguirre com a São Francisco, que é um dos locais mais movimentados da cidade e usado por adolescentes e crianças que soltam pipa.

O caso provocou revolta entre moradores, amigos e familiares. A polícia investigará o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *