Rui diz que quem paga para atravessar via ferry-boat com “dificuldade”, pagará o pedágio da ponte com “muita satisfação”

Ao comentar sobre a tarifa de R$ 40 em média para os 12,4 percorrer os quilômetros da ponte Salvador-Ilha de Itaparica, o governador Rui Costa (PT) declarou que quem paga esse mesmo valor para atravessar via sistema ferry-boat com “muita dificuldade”, pagará o pedágio com “muita satisfação”.

Segundo ele, esse valor está sendo calculado para viabilizar a obra. “O preço que está colocado lá é o que é mesmo cobrado no sistema ferry-boat. Ou seja, o objetivo não é onerar, mas ajudar a viabilizar a ponte. Então, quem paga hoje no ferry-boat o valor que para atravessar, esperando com toda dificuldade com toda certeza pagará com muito mais satisfação para atravessar a ponte, sem espera, sem demora”, frisou.

O gestor afirmou ainda, que essa previsão de valor foi colocado para a largada do cálculo pedágio. “Como disse antes, o investimento é privado, não é público, será apenas uma menor parte de investimento público ao longo de quatro anos e o que vai financiar a ponte ao longo de 35 anos é o pedágio e, eventualmente, uma valorização imobiliário que ocorra do outro lado”, justificou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *