Shopping Paralela fecha estacionamento ondulado por 90 dias

As rachaduras nas estruturas do Shopping Paralela, em Salvador, são destaques na edição do Jornal da Metrópole, nesta quinta-feira (7). Segundo a assessoria do centro de compras, “não há nenhum risco estrutural em nosso prédio e seguimos em normalidade operacional”, afirmou a assessoria do grupo, em nota.

No entanto, a reportagem aborda que a “normalidade” significa pedaços do forro caindo e o reparo sendo feito com um simples pano. “Estava apenas a 50 metros do local quando o pedaço caiu bem no L1. Foi uma sorte imensa não ter machucado ninguém”, disse, nas redes sociais, um frequentador do local que viu a “normalidade operacional” do shopping.

Agora, após inúmeras denúncias, o Shopping Paralela tenta correr atrás do prejuízo e quer consertar, pelo menos, o piso “montanha-russa”. As deformidades que causam arrepios em muitos, para a administração do local, é responsável apenas por “desconforto estético”.

Com o fim do prazo dado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Sedur), o Paralela começou a reformar o G2, onde estão as irregularidades no piso. Por isso, o shopping ficará por até 90 dias sem o espaço. Ainda de acordo com a administração do local, “não há nenhuma mudança estrutural a ser feita”.

“O shopping dará continuidade aos planos de revitalização, principalmente, da praça de alimentação, e de interligação da passarela, no 2° piso, ao metrô”, disse, em nota. Na semana passada, o Ministério Público recomendou o encerramento de obras de ampliação.

Leia a edição na íntegra clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *